sexta-feira, 13 de junho de 2008

Santos



Ontem fui a Lisboa.
Não vi as marchas.
Não gosto de sardinhas.
Não gosto de cerveja.
Odeio não ter lugar para estacionar.
Mas fui aos santos.
Decidi voltar cedo porque hoje trabalhava. Cheguei à porta do metro na baixa/chiado às 02:08h e o último metro tinha passado há 3 minutos.
Autocarros? Qual quê, a Avenida da Liberdade ainda estava cortada.
Táxis? E encontrar um livre?
Ok, vou a pé! (sozinha).
Estive hoje a ver no Google Earth: 7,38km da Sé a Alvalade.
(mas segundo as minhas contas, das 15:30h até às 02h eu já tinha andado 10,28km)
Resumindo, cheguei a casa às 04:35h, com umas bolhas fantásticas nos pés, a pensar “boa, vou dormir 3 horas e meia” e melhor “eu fui mesmo a Lisboa porquê??”

3 comentários:

juliette disse...

Oh god, e ainda te consegues mexer depois de tudo isso???

Maria Inês disse...

Nem tu sabes da melhor...
Depois dessa saga decidi que sexta feira era para descansar os belos dos pézinhos e sábado quase nem me mexi... até às 20h mais coisa menos coisa. Uma ida à praia, e o pé esquerdo a reclamar sempre que se carregava na embraiagem. O dia todo de sandálias Fly calçadas, porque as bolhas ainda rejeitavam mais os meus queridos all star. Às 20h jantar em casa de uma amiga, e depois baile de gala! Ora toca de trocar as sandálias pelo belo do sapatinho, também da Fly mas desta feita com um salto de 9cm... E depois do baile de gala, que não valeu os 5€ que paguei decidimos que mesmo bom era ir para o Túnel! (não sei se conheces, é a discoteca cá do sítio...) de onde saímos às 6:30h, ou seja, quando fechou. E os meus pés a latejar...
Só te digo que mesmo depois de cinco belas horas de sono reartidas por duas vezes ainda me doiam os pés como se não tivesse ido à cama... E aqui estava eu a pensar como pôr isto num post mesmo bonito e elucidativo...
Beijinho

rumblepack disse...

sniff, acabou. *choro a prantos*

Mas que jeito, moça... nem um disclamer como first post? Ah senhores, logo partindo pedra. Ou bem que sim ou bem que não, tá certo XD