quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Porque é que

a visualização, ou a não visualização, de um determinado objecto, que nos transporta a alguém, em determinado sítio, nos faz sentir coisas tão diferentes como tristeza, felicidade, ansiedade, simples nervosismo, nervosismo estilo "vai-me dar uma coisinha má", preocupação, calma... se alguém consegue entender o que quero dizer pode continuar a lista.

E lá estava ele, ao contrário dos outros dias...
E senti-me mais descansada, talvez até feliz.
Hoje já não choro.

7 comentários:

Vivianne in Berlin disse...

words

Vivianne in Berlin disse...

...e ainda bem que hoje estás menos triste. :)

ZaniNE disse...

Talvez por te fazer pensar nesse alguém que te dá tanto que pensar? Isso realmente está a ir numa direcção vertical descendente...

Deixa de te enervar, preocupar, acalmar, AMAR com objectos, eles nunca te irão retribuir...

"Falta erguer". Beijoquinhas.

jac disse...

Acho que se chama a isso nostalgia :-)

Cadinho RoCo disse...

Pode dar vontade daquelas que não dá pra segurar e aí jeito mesmo é se netregar.
Cadinho RoCo

sessaoexperimental disse...

a mim isso acontece-me com musicas....e continuando a lista...há musicas que nos fazem lembrar de algo que nos fez vibrar

Maria Inês disse...

Vivianne:
=)

Zanine:
Pois, faz pensar demais... Talvez porque onde "aquilo" está ele está.
Devia deixar de pensar, é verdade, mas é mais forte que eu.

Jac:
Eu associo mais a nostalgia ao passado, a coisas que já aconteceram e à memória delas... isto efectivamente já aconteceu...mas continua a acontecer.

Cadinho roco:
O problema é quando só uma pessoa se quer entregar... pelo menos pelo simples facto de termos uma espécie de "timings trocados"...

sessaoexperimental:
Sim, com músicas também, mas como disse em cima à Zanine é diferente porque uma música só te faz pensar nessa pessoa, e ver o objecto em questão significa que aquela pessoa está mesmo por perto...