segunda-feira, 3 de novembro de 2008

As peripécias continuaram no dia seguinte


Aquela noite já tinha corrido suficientemente bem no que diz respeito ao meu carro.

Acontece que quando uma pessoa já veio a arrastar a panela do escape por uns 25 a 30km da A8 àquela hora e tal, já só quer estacionar. Então nem liga, é logo no primeiro que aparecer... tinha uma árvore? Se calhar tinha. Devia ter... ah... tinha sim.

Quando na sexta-feira à noite cheguei ao pé do carro deparei-me com isto:
(foto tirada posteriormente, no sábado, depois de mudar o carro de sítio)




E nem digo "WTF?!" porque o que eu quero dizer mesmo é "mas que MERDA é esta?!?!" e respondem-me vocês: "Oh Maria Inês, então não se está mesmo a ver que é de pardal...?!"

P.S. Ainda tenho o porta bagagens num caos, com uma panela de escape lá dentro, dois coletes reflectores atirados ao calhas e um triângulo ainda montado...

4 comentários:

Spirit disse...

Bem... que odisseia...

Bjs

O Anónimo disse...

Foi mais forte que eu. tive.de.fazer >.<

http://rumblepack.wordpress.com/files/2008/11/maria_ines_teste1.gif

D:

Maria Inês disse...

Posso-te bater?

O Anónimo disse...

Se for com jeitinho, sou moço até para gritar "ai" com certo vigor D: lolol.